Equipe de Tecnologia Social apresenta resultado de Diagnóstico Participativo

Bruna Vasconcelos

No dia 7 de Julho, foi apresentado o resultado do Diagnóstico Participativo pela equipe de Tecnologia Social, liderado pela pesquisadora Cristine Carvalho. O objetivo do Diagnóstico era conhecer mais as comunidades pesqueiras da Ilha do Fundão e estreitar os vínculos com essas comunidades. Na perspectiva do projeto, a integração da equipe técnica com essas comunidades cria o ambiente necessário para a troca de saberes e a criação de soluções conjuntas para a coleta e transporte do lixo flutuante.

Para a realização do Diagnóstico, foram realizadas duas etapas de entrevistas individuais com mais de 30 pessoas que possuem relação com a pesca na região da Ilha do Fundão. As entrevistas foram realizadas tanto presencialmente, quanto através de ligações telefônicas, tendo a intenção de conhecer mais a realidade de vida de cada um dos entrevistados, entender as atuais condições de pesca e como o lixo flutuante impacta na vida de cada um dos pescadores.

Os resultados do Diagnóstico permitem elaborar as próximas etapas de atividades da frente de Tecnologia Social com interface com outras equipes do projeto Orla Sem Lixo, como a equipe de Oceanografia, e, principalmente, as atividades de interação e trocas com as comunidades que pescam nos arredores da Ilha do Fundão.

Equipe reunida! Da esquerda para direita: Caio e Jairton, da Tecnologia Social; Thiago e Gustavo, da Oceanografia; Carla, Coordenação; Cristine, Diagnóstico Participativo, e Gustavo, Tecnologia Social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: